Notícias

Cinco desafios que todo empresário enfrenta no mundo dos negócios

Dicas do consultor do SCAI Group para os empreendedores brasileiros que querem prosperar e crescer em 2015
11 Mar 2015

Por Daniel Schnaider*

A maioria dos empreendedores brasileiros encara alguns desafios para conseguir crédito, pagar impostos e passar pela burocracia de se abrir ou fechar uma empresa no país. Muitas vezes, até se deparam com alguns dilemas quando se trata de manter as contas em dia. Mas a solução desses problemas pode ser menos traumática. O consultor Daniel Schnaider, sócio do SCAI Group, especializado em reestruturação de empresas familiares, traz  algumas dicas para esses desafios enfrentados  pelos empreendedores brasileiros e afirma: "com preparo e planejamento, é possível contornar esses problemas e fazer com que sua empresa cresça".

1 - Como obter financiamento? A mensagem que o empresário brasileiro precisa entender é que não faltam recursos, mas sim uma “boa estória” que renda credibilidade. Muitas vezes as empresas fazem solicitações de crédito sem a capacidade de convencer a agência financiadora de suas chances de retorno no investimento. O empresário deve saber apresentar, de forma muito clara, por que sua equipe administrativa é confiável, o que tem de diferencial em seu produto ou serviço, e por que seu mercado é uma excelente oportunidade.

2 - De quanto minha empresa realmente precisa? Ao criar o plano de negócios, deve-se considerar alguns cenários de financiamento. Um deles deve ser o “plano-mínimo-sustentável”, além de outros planos mais agressivos como alternativas. Se há uma linha de financiamento menor do que o plano mínimo, ela deve ser considerada, pois com ela, suas chances de conseguir outros financimentos aumentam, uma vez que o seu risco geral diminuiu.

3 - Como pagar menos juros? O mercado financeiro também apresenta grandes variações de um financiamento para outro. Se você procura por comodidade, pode pagar um taxa maior. Mas se você tem paciência e tempo para procurar por várias alternativas, pode achar excelentes oportunidades. No mercado de financiamento, parte do custo é devido ao risco e retorno esperado do negócio. Caso você consiga apresentar uma boa administração do risco com uma boa taxa de retorno, poderá influenciar a instituição a rever o custo do risco nos juros exigidos.

4 - Como se planejar para pagar os impostos? Tributos são custos. Ou ele é pago pela empresa, o que reduz o seu lucro, ou é pago pelo cliente, ou uma mistura dos dois. O sistema tributário brasileiro é um dos mais complexos do mundo. A dificuldade de cumprir à risca a legislação tributária, somada ao medo de uma fiscalização abusiva, criam uma situação absurda em que empresas acabam pagando mais do que devem. Ver os impostos municipais, estaduais e federais como um único grupo também é um erro. Deve-se avaliar em que esfera há dificuldade, em que etapa da cobrança a empresa se encontra e em qual setor econômico atua. É bem possível que o problema não seja particular da empresa, mas sim de um grupo de empresas do mesmo setor, que passa por dificuldades semelhantes e podem desenvolver estratégias em conjunto contra tributos excessivos.

5 - Como manter a liquidez dos negócios em tempos de inadimplência? Para a maioria das empresas, basta um atraso no pagamento de um cliente importante para que seu fluxo de caixa fique comprometido e a suspensão do recolhimento de tributos seja a sua única forma de honrar seus demais compromissos. Esta é uma das muitas razões pela qual a estabilidade macroeconômica é tão importante. Entretanto, o empresário responsável deve compreender quais são as prioridades e fazer um planejamento para trabalhar de acordo com elas. Dessa forma, há chance de que consiga, apesar do aumento dos impostos, não repassar este custo para os clientes e também não abrir mão do lucro.

*Sobre Daniel Schnaider: economista, consultor de negócios, sócio do SCAI Group.

Assuntos relacionados: