Notícias

Miopia em marketing

Por Luís Veloso
22 Out 2014

Existe um fenômeno no mundo dos negócios chamado miopia em marketing, apresentado pelo economista Theodore Levitt, que consistem em focar a atenção apenas no produto e no concorrente direto e não enxergar as oportunidades que o mercado oferece para atuar em outras áreas ou segmentos, e identificar potenciais concorrentes.

Por exemplo, um pequeno fabricante de bicicletas, tem quer ter em mente que ele não fabrica bicicletas, mas sim um meio de transporte, portanto seus concorrentes não são apenas as outras fábricas de bicicletas, mas o transporte público, a loja de automóveis, a fabrica de skate ou patins. Um restaurante não vende apenas comida, vende momentos de descontração, sensações, descobertas e sabores, portanto o atendimento, a apresentação, o imóvel, a localização, a qualidade dos produtos são ingredientes que devem fazer parte da receita.

Quem vê apenas seu concorrente direto como rival, além de perder diversas oportunidades, está provavelmente fadado ao fracasso. Recentemente tivemos um grande exemplo de miopia em marketing, por uma gigante do setor fotográfico, a Kodak, apesar de ser uma das primeiras a desenvolver máquinas fotográficas digitais, não acompanhou o crescimento do setor e continuou apostando no seu principal produto filmes, resultado: pediu concordata em 2012!

“Olhar para o próprio umbigo” pode ser fatal seja numa grande ou pequena empresa. É importante sempre estar atento às novas demandas do mercado e inovar sempre, mesmo que de forma incremental, no aperfeiçoamento do próprio portfólio de produtos ou inovando nos processos. E lembrar que empreendedores normalmente vendem desejos, sonhos, prazeres e sensações e não apenas comodities, portanto capriche!

Luís Veloso é jornalista, pós-graduado em Comunicação e Marketing. Gerente de conteúdo do Canal do Empresário.

Assuntos relacionados: